FANDOM


Xing
Xing.jpg
Kanji
Romaji Xīng
Informação Física
Capital Desconhecida
Fundação
Área
População
Densidade
Informação Política
Gentílico Xinguês
Governante Imperador
Aliados Amestris
Inimigos

Xing ("estrela" em mandarim) é um imenso país localizado a leste das ruínas de Xerxes, é separado de seu aliado Amestris por um vasto deserto.

Governo

Xing é uma monarquia, cujo monarca é conhecido como imperador. A população parece ser composta por clãs hereditários e imigrantes. Estes clãs são 50 no total, e todos servem ao imperador de Xing, que, no auge de seu reinado, escolhe uma parceira de cada clã e gera príncipes e princesas, que devem ganhar o favor de seu pai para poderem sucedê-lo. Este método é usado para vincular e igualar os clãs, mas acaba por gerar uma enorme competição entre as famílias que desejam que seu príncipe/princesa herde o trono. O assassinato de herdeiros é comum. Em 1914, há 43 herdeiros (24 príncipes e 19 princesas), incluindo Ling Yao e May Chang, competindo selvagemente pelo trono de seu moribundo pai.

Geografia

Map3.png

Mapa mostrando Xing e outras nações do oriente.

Fora o fato de haverem imensas montanhas e vales no local onde o clã Chang vive, pouco se sabe sobre o clima de Xing (embora este seja provavelmente similar ao da região chinesa no mundo real). O país é separado de Amestris por um vasto deserto, um perigoso mar de areia conhecido apenas por "Área Deserta", que é usado primariamente por mercadores xingueses. Existe uma passagem marítima por onde visitantes e imigrantes vão com o intuito de viajar de um país a outro, mas é necessário cruzar diversas outras nações no caminho, sendo que o caminho mais direto é pelo deserto, incluindo apenas a visita às ruínas de Xerxes. Existe um sistema mercante de tamanho e força consideráveis usado para exportar e importar literatura, armas e pessoas pela área deserta, legal ou ilegalmente.

No fim da série, o General de Brigada Roy Mustang faz um acordo com o Imperador Ling Yao para construir uma ferrovia de Ishval a Xing, inaugurando uma rota comercial.

População

Mercadores.png

Mercadores xingueses da época da destruição de Xerxes.

Dos 50 clãs, apenas 3 foram apresentados na série: o clã Yao (ao qual Ling Yao, Lan Fan e Fu pertencem), que parece possuir certa riqueza e diversos assassinos; o clã Chang (ao qual May Chang e Chiao Mey pertencem), que parece ser um dos mais pobres da região, mas possui técnicas únicas e conhecimento sobre a waidanshu e; o clã Han, cujo único membro conhecido é o homem que guiou o alquimista federal Edward Elric pelas ruínas de Xerxes. O povo de Xing possui os cabelos e olhos negros e epicânticos.

Tecnologia

LanFanBomb.jpg

Lan Fan prepara uma bomba.

A não ser pelos automails, a tecnologia de Xing parece estar apenas um pouco abaixo da de Amestris, sendo que o armamento militar do país parece se basear em rifles, bombas e canhões. As bombas mostradas na série são carregadas por Fu e Lan Fan e variam de bombas de luz a granadas de gás lacrimogênio e poderosos explosivos. No combate corpo-a-corpo, os guerreiros xingeses contam com as famosas artes marciais do país, sem contar suas variadas espadas, adagas e outras lâminas. As artes marciais usadas pelos guerreiros do país são únicas, contendo posições e acrobacias desconhecidas no oeste, estas artes também lhes proporciona a utilização de um sexto sentido, capaz de detectar a presença da energia vital de humanos, homúnculos e outros seres vivos.

Conhecimentos Alquímicos

WEST.jpg

Representação do "profeta do oeste."

Uma prática exclusiva de Xing é a Alkanhestria (Rentanjutsu), um tipo de alquimia alternativa voltada à medicina e a busca pelo "elixir da vida eterna". Esta "alquimia" utiliza-se do fluxo de ki - energia vital, que corre pelo interior do planeta até o topo de montanhas e se espalha pela terra como um grande rio - para realizar transmutações, inclusive à distância. Por causa deste conceito, a alquimistas de Xing são excelentes médicos, podendo transmitir ki pelo interior do corpo humano, curando enfermidades como doenças e ferimentos leves. 400 anos antes do início da série, as práticas que pavimentaram o caminho para a criação da Alkanhestria incluíam a ingestão de diversas substâncias no intuito de alcançar a imortalidade, sabe-se que três gerações de imperadores morreram por ingestão de mercúrio nesta época. Após certo tempo, o profeta do oeste - um homem de cabelos e olhos dourados vindo de Xerxes - foi resgatado por mercadores xingueses, e como retribuição ensinou os princípios da alquimia ao povo do país, que juntou os conhecimentos antigos aos novos, criando assim a Alkanhestria.

Trivialidades

  • Os alquimistas federais Roy Mustang e Solf J. Kimblee parecem ter descendência xinguesa, possuindo aparência de certa forma similar à dos habitantes do país.
  • A nação de Xing parece ser baseada em uma mistura de certas culturas orientais, principalmente as culturas chinesa e japonesa.
  • O sotaque dos habitantes de Xing, falando o "l" no lugar do "r" e pronunciando as palavras rapidamente sugere que a língua do país seja similar ao mandarim.
  • A culinária do país é similar à chinesa e conhecida mundialmente por seus sabores exóticos.
  • Os habitantes de Xing são famosos por sempre cumprirem suas promessas.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória