FANDOM


Orgulho
Selim Bradley
Pride.jpg
Nomenclatura
Nome completo Orgulho
Selim Bradley
Língua japonesa プライド
セリム・ブラッドレイ
Romanização Puraido
Serimu Buradorei
Tradução Pride[1]
Alcunhas "Orgulho, o Arrogante"
Selim Bradley[2][3]
Dados Gerais
Afiliação Forças Armadas Amestrinas
Pai
Homúnculos
Gula
Ocupação Segundo no comando dos Homúnculos
Vigiar a Cidade Central e os outros Homúnculos
Patente
Itens usados
Alquimia única
Objetivos pessoais Realizar os desejos do Pai
Estado Falecido
Dados Pessoais
Raça Homúnculos
Etnia
Gênero Masculino
Idade 300 anos aproximadamente (Homúnculos mais velho)
Data de nascimento
Local de nascimento
Traços únicos Olhar petulante apesar de sua frágil aparência
Interações pessoais Pai (criador)
Homúnculos (irmãos)
Dados de Mídia
Estréia Capítulo 39 (voz)
Capítulo 49 (silhueta)
Capítulo 68 (verdadeira aparição)
Episódio 24 (voz)
Episódio 37 (verdadeira aparição)
Estréia alternativa Episódio 50[4][5]
Estréia nos jogos
Aparições
Voz japonesa Makoto Tsumura[4][6]
Yuko Sanpei[7]
Voz brasileira Júlia Castro[4]
Bruno Marçal[7]
25px-CharacterAmestrisFlag.png


Orgulho (プライド, Puraido lit. Pride) foi o primeiro Homúnculos criado pelo Pai. Muito parecido com Ira e Preguiça, o papel desse personagem é diferente na adaptação para anime em 2003 e no mangá.

Aparência

A forma original de Orgulho é sombria e irregular semelhante ao de seu Pai quando ainda estava no frasco, porém muito maior e intimidadora, cheia olhos e bocas com dentes serrilhados. Durante a trama nota-se que o corpo humano utilizado por Orgulho é apenas um tipo de recipiente para esconder sua forma irregular feita da mais densa escuridão, uma carapaça feita pelo seu Pai para que ele pudesse andar livremente. A forma humana de Orgulho é a de uma frágil criança chamada Selim Bradley, o filho de King Bradley. Selim geralmente é visto trajando roupas sociais bem asseadas típicas de um garoto de família aristocrata do início do século 20.

Personalidade

Quando introduzido pela primeira vez sob o disfarce de Selim Bradley, Orgulho age como se ele tivesse os maneirismos de uma jovem criança, mostrando uma propensão para adoração de heróis. Ele mostra grande admiração e respeito por seu "pai", King Bradley, chegando ao ponto de escrever um relatório brilhante sobre ele para um projeto escolar. Ele também parece fanaticamente interessado nos irmãos Elric, reagindo com excitação vertiginosa ao encontrá-los. Às vezes, ele revela parte de sua verdadeira personalidade, como quando ele chama Edward de "minúsculo", embora Orgulho seja mais baixo que Edward, e quando ele não mostra vergonha de gritar na biblioteca real.

Muitas de suas características positivas desaparecem quando ele mostra sua verdadeira personalidade. Sua verdadeira personalidade é semelhante à do Pai. Ele tenta agir como superior aos seres humanos, fingindo que são insetos para ele, preenchendo-se de falsa dignidade e vanglória fútil. No entanto, enquanto Pai trata os seres humanos com uma atitude aborrecida ou apática (provavelmente porque o Pai é preguiçoso), Orgulho trata os seres humanos como brinquedos/escravos. Ele ama a honra de ser um homúnculos, e encoraja seus irmãos a sentir desprezo por todos os não-homúnculos. Orgulho também é extremamente arrogante durante uma batalha. Ele rapidamente recorre a pequenas provocações e insultos contra oponentes. Ele também mostra ser extremamente cruel, como mostrado quando ele implacavelmente devorou seu próprio irmão Gula, a fim de ele absorver as habilidades do mesmo durante a luta contra Edward.

Ele tem grande fé em seus poderes, sentindo que pode superar qualquer oposição, não importa quão poderoso seja, e isso muitas vezes faz com que ele subestime seus adversários. Ele vê os seres humanos como seres fracos e patéticos, seres inferiores "de nenhuma importância". Ele é muito preconceituoso, sempre chegando com desculpas para justificar seus atos cruéis para não ouvir insultos ou acusações contra ele ou sua imagem; Por exemplo, depois que ele brutalmente desmembra e depois come Gula, ele deu a justificativa de que a Gula era "originalmente uma parte dele de qualquer maneira" (ambos Orgulho e Gula vêm do Pai). Além disso, quando ele está prestes a devorar Kimblee, ele diz a Kimblee pra "não se preocupar, você estará vivo, dentro de mim", completamente ignorando o fato de que Kimblee provavelmente sofrerá muito enquanto dentro de Orgulho. Ele também quer ter peões pra que assim ele possa usá-los quando bem entender.

De acordo com Inveja, um homúnculos cheio de sadismo, Orgulho é soberbo, chamando o mesmo de "bastardo". Ainda de acordo com Inveja, o Orgulho é tão egoísta e auto-absorvido que ele tende a aparecer na hora errada e não está lá quando os outros homúnculos realmente precisam dele. Ele se preocupa tão pouco com os outros que as mortes de muitos deles não terão efeito algum em seu coração; Na verdade, ele é tão cruel que nem sequer se irrita em perder tais "ferramentas" potenciais dele. Ganância chama Orgulho de "monstro", mesmo para um homúnculos como ele.

Quando insultado por outro homúnculos, o Orgulho disfarça seu próprio mal ao chamar o outro homúnculos de manhoso e incivilizado, e usa isso como uma desculpa para sugerir que o Orgulho merece infligir extrema miséria e sofrimento a ele ("Que coisa terrível a dizer ao seu próprio irmão, Ganância! ", Disse Orgulho uma vez para Ganânia, depois que o mesmo o insultou), mesmo que Orgulho goste de zombar dos outros homúnculos enquanto os coloca nos níveis de ferramentas, objetos ou lixo.

Apesar de todas essas características negativas, está implícito que assim como Ira, Orgulho gostava da falsa vida familiar que teve com a Sra. Bradley. Quando seu recipiente é destruído por Edward Elric no subsolo da Central, ele fica desesperado ao pensar que pode morrer. Ele lembra as lembranças felizes de sua mãe adotiva e, depois de ter sido reduzido à sua verdadeira forma, pede a sua "mãe" no ninho preparado por Edward. Depois que Orgulho começa a envelhecer novamente como um ser humano normal, ele retorna à sua antiga vida como Selim Bradley. Ele mostra ser muito mais gentil e inocente, mostrando preocupação por um pássaro ferido que ele encontra. Não tendo mais as memórias de seu tempo como um Homúnculos, Selim é capaz de viver a vida como uma criança normal, a única coisa que ele realmente queria.

Plot

Habilidades

Longevidade Perpétua: Sua aparência não envelhece, e enquanto houver almas dentro de seu núcleo para pode extrair energia delas, ele não morrerá.

Imunidade: Ele é imune a qualquer tipo de venenos, toxinas, vírus, doenças, etc.

Auto-Sustento: Ele não precisa comer, beber ou respirar para permanecer vivo.

Velocidade Aprimorada:

Resistência Aprimorada:

Força Aprimorada:

Alto Intelecto: Além de sua habilidade especial, Orgulho pode enganar os outros, visto como ele possui duas personalidades, uma inocente e feliz enquanto está sob o disfarce de Selim Bradley, quando na verdade sua personalidade é orgulhosa e narcisista.

Rápida Regeneração: Qualquer lesão que Orgulho sofra é regenerada imediatamente, mesmo se ele é decapitado, desintegrado, explodido ou completamente incinerado, ele ainda vai voltar à vida em perfeitas condições enquanto houver almas dentro de seu núcleo para pode extrair energia delas.

Mudança de Idade: Outra habilidade que Orgulho parece ter é a capacidade de alterar ligeiramente a idade que ele parece ser. Enquanto aparenta ser sempre uma criança, fotos dele tomadas no passado mostram sua aparente idade tendo cerca de cinco anos. Como o Pai tinha orgulho de viver fora das sombras desde que nasceu, esta capacidade é provavelmente usada para fazê-lo parecer humano.

Envelhecer Naturalmente: Orgulho mais tarde parece ganhar a habilidade de realmente envelhecer devido a sua Pedra Filosofal ter sido esgotada de suas almas e sendo forçada a voltar a sua verdadeira forma. Ao longo dos dois anos após o final da série ele conseguiu crescer a partir de sua forma original feto a uma forma infantil semelhante ao seu "recipiente" usado para manter suas sombras.

Sombras Irregulares: Além de poder padrão do homúnculos, as habilidades de Orgulho se encontram em suas sombras, que lembram a forma do homúnculos dentro do frasco original do Pai, embora muito maior e mais formidável com vários olhos semicerrados e bocas dentadas afiadas. A sombra pode assumir uma variedade de formas, de pontas afiadas para as mãos flexíveis (similares aos observados dentro do Portão da Verdade).

No início, Ganância sugere e mais tarde é confirmado pelo próprio Orgulho que seu líquido negro repleto de olhos e suas sombras são na verdade a sua forma real, enquanto o corpo infantil é um simples "recipiente" para ele se mover em torno, semelhante ao Pai enquanto estava dentro do frasco. Esse seu comentário é provado pela mobilidade reduzida das sombras, que são apenas capazes de aparecer nas imediações de seu corpo humano e no túnel de transmutação circular em torno de Amestris. O Orgulho consome luz para estender seu corpo fora de seu recipiente infantil; Se não há luz para absorver, qualquer parte do Orgulho fora de seu "recipiente" primário irá murchar e morrer, e se ele estiver exposto a uma fonte de luz que é muito luminosa ou brilhante, as extensões de seu corpo queimarão. O Orgulho costuma moldar partes de si mesmo em longos apêndices parecidos com os tentáculos que se assemelham aos da forma real do Pai e do Olho de Deus (que o refere como um "filho" de Pai, que por sua vez foi criado a partir da essência do Olho , também pode ser uma referência ao Orgulho de ser uma patética tentativa de imitar a Deus, fazendo com que o comitente deste pecado a considerar-se a sua própria e única fonte de verdade, privando-se assim das ideias, conselhos e realidades que eles podem obter de outros).

Orgulho pode manipular, cortar ou devorar qualquer coisa que entra em contato com a sua sombra e parece invulnerável a danos físicos convencionais, embora possa ser desviada por objetos suficientemente rígidos; Objetos endurecidos de carbono parecem particularmente resistentes. Ele também pode ver e falar através de seus olhos sombrios e bocas onde quer que a sua sombra pode estender, uma habilidade que ele usa para vigiar o túnel transmutação em todo o país, matando qualquer um que entre nele. O Orgulho também pode espalhar sua essência através das sombras, e pode sentir tudo ao redor e que acontece em torno dessa sombra, permitindo-lhe assim "assistir" qualquer coisa através deles. Ele usou esta habilidade para certificar-se e impedir Riza Hawkeye de espalhar a identidade verdadeira de Selim Bradley a outras pessoas (embora Riza frustrou este falando em código a Roy Mustang). O orgulho pode estender sua sombras ao ponto de ficarem do tamanho de um grande país, visto quando ele pode se estender por todo o Círculo Nacional de Transmutação.

É mostrado que ele pode controlar os corpos dos outros, inserindo extensões de si mesmo dentro de seus corpos. Ele usou isso para controlar o corpo de Alphonse (enquanto o mesmo ainda estava com a alma anexada a armadura) e depois usou o mesmo para tentar enganar Edward completamente caindo sob o domínio de Orgulho (Ganância, que estava com Edward na hora, frustra isso ao sentir a presença de Orgulho). Ele pode consumir coisas vivas e assimilar as habilidades e forças daquela vítima em particular, juntamente com suas fraquezas correspondentes (isto é, depois de devorar Gula, o Orgulho ganhou um senso de cheiro melhorado juntamente com a fome voraz de Gula).

Alquimia

Alquimista: Após devorar e assimilar as habilidades de Kimblee, Orgulho ganha capacidade de fazer alquimia e ativa um círculo correspondente com sua exsudação, usando o Doutor do Dente de Ouro como o material para a transmutação humana.

  • Transmutação Humana:

Trivia

  • No anime de 2003, Orgulho é na verdade King Bradley e Selim é apenas seu filho adotivo que foi usado por Bradley como um disfarce para incumbir sua identidade de homúnculos. Selim nessa versão não possui nenhum poder ou habilidade e era uma criança comum. Após ele deixar Bradley furioso causando sua derrota na luta contra Mustang, Selim foi enforcado até a morte.
  • A forma infantil de Orgulho pode ser uma referência ao significado literal de "homúnculos" ("pequeno humano"). A verdadeira forma do orgulho tem a maior semelhança com os Homúnculos reais dos conceitos históricos da alquimia do que qualquer um de seus irmãos.
  • De acordo com o segundo guia oficial de Fullmetal Alchemist, Orgulho é o primeiro Homúnculos a ser criado pelo Pai, criado antes da história ser gravada. No entanto, dado o contexto da história real, isso faz pouco sentido. O Pai não poderia ter criado o Orgulho a qualquer momento antes de adquirir seu recipiente com a aparência de Hohenheim em Xerxes, que foi confirmado ter sido 400 anos antes de 1900, colocando-o em torno do final de 1400 ou início de 1500. A história foi gravada muito antes mesmo daqueles tempos antigos. É possível, no entanto, que o guia estava se referindo a história Amestrina e não a história em geral.
  • Em alguns sentidos, as sombras de Orgulho são uma amalgamação de todas as outras habilidades dos Homúnculos. Sua sombra pode perfurar ou cortar quase tudo (Luxúria); pode consumir ou devorar objetos relativamente grandes (Gula); É invulnerável ao dano físico convencional (Ganância); tem grande força sobre objetos físicos e velocidade sobre-humana (Preguiça); pode ver coisas muito além do alcance dos olhos humanos de seu corpo principal (Ira) e pode assumir muitas formas ou até mesmo parasitar os corpos dos outros (Inveja).
  • Os múltiplos olhos do Orgulho, descontando os dois em seu recipiente infantil, podem ser uma referência aos olhos falsos na cauda de um pavão e ao pavão sendo um símbolo de orgulho.
  • Orgulho tem duas vozes diferentes para cada uma de suas identidades. Ao agir como Orgulho, ele tem um som metálico em sua voz, e quando ele age como Selim, ele tem a voz de uma criança normal.
  • O nome Orgulho reflete que seu verdadeiro corpo foi feito à imagem do Pai (o orgulho é também a característica mais proeminente do Pai de acordo com Van Hohenheim).
  • Ironicamente, Orgulho é o Homúnculos mais antigo com mais de três séculos de idade. No entanto, ele mantém a aparência mais jovem, enquanto Ira é o Homúnculos mais jovem (cerca de 60 anos de idade), mas tem a aparência mais antiga.
    • É interessante notar que o anime de 2003 tem esses dois papéis invertidos, com Ira sendo o Homúnculos mais jovem, e Orgulho sendo provavelmente um dos mais velhos.
  • Curiosamente, o Homúnculos mais velho e o Homúnculos mais novo são os únicos Homúnculos que compartilham um estreito, mas falso, relacionamento pai-filho um com o outro. Além disso, quando Ed derrota Orgulho, sua lembrança mais presente é a de King Bradley e sua esposa, sugerindo que, apesar de ele ser muito mais velho, ele realmente pensou em Bradley como uma figura paterna, oposta ao Pai, que, nas palavras de Ed, abandonou ele para assim concretizar seus objetivos pessoais.
  • O capítulo onde Orgulho e Alphonse estão enterrados sob uma pilha de rocha pode ser uma referência ao Dante's Inferno, onde os orgulhosos e vazios são obrigados a carregar pedregulhos para assim aprenderem a serem humildes.
  • A tentativa de Orgulho tentar assumir o corpo de Edward Elric é muito semelhante ao objetivo de Ira no anime de 2003, que, como uma criança Homúnculos, é o equivalente de Orgulho do anime de 2003.
  • O Orgulho parece ser o único Homúnculos que não sangra, isto é provavelmente devido ao seu corpo "recipiente". Ele é também o único Homúnculos sem uma marca Ouroboros, ao invés disso ele tem uma marca circular na testa de sua verdadeira forma.
    • Nos omakes do Volume 27, pressionando o nó na testa de Selim o transforma em sua antiga personalidade como Orgulho.
  • O orgulho é o último Homúnculos remanescente vivo.
  • O orgulho pôde referenciar Damien do filme de terror britânico/americano, The Omen (O Presságio), sendo uma criança do grande mal. Isso poderia também explicar por que sua marca Ouroboros poderia estar escondido, já que Damien no filme tinha os números "666" escondidos sob seus cabelos.
  • No mangá, os dentes das sombras de Orgulho são planas até ele devorar Gula, e então se tornam afiados e em forma de cone. No anime, ele aparece capaz de manifestar dentes planos ou afiados antes e depois de comer Gula; A mudança é marcada por seus olhos ficando de cor roxa.
    • Depois de Orgulho ter sido derrotado por Edward e levantado pela Sra. Bradley, seus olhos são mostrados novamente com sua cor preta original.
  • O "recipiente" usado por Orgulho é visivelmente diferente no mangá e no anime Brotherhood. No mangá, quando Orgulha se revela a Hawkeye e suas sombras saem do corpo de Selim, o recipiente permanece sem vida, quase como se fosse uma mera concha, enquanto que no anime, Selim mantém toda a vitalidade durante aquela cena e o corpo "recipiente" nunca é mostrado sem vida na série.
  • A derrota de Orgulho por Edward Elric parece dar um significado simbólico, pois é sugerido que o principal vício de Ed é seu orgulho (principalmente por causa de seu fracasso na transmutação humana). Isto é semelhante a como Scar derrotou King Bradley no mangá e anime Brotherhood (Ira é o vício de Scar assim como o título de Bradley).
    • Tanto o Orgulho quanto a Ira foram derrotados pela deterioração, aliás.
  • O devoramento de Gula pelo Orgulho é freqüentemente ridicularizado em extras do mangá. No volume 21, o sentido extremo de olfato de Gula se torna uma fraqueza, enquanto Darius tira proveito peidando, fazendo com que Orgulho implore para que o cheiro suma, cobrindo seu nariz, deixando-o completamente vulnerável. Em um próximo extra, ele devora Gula, mas ganha o peso de Gula como resultado, deixando seu recipiente, Selim, obeso. Em outro extra, Gula está fundido com Luxúria, resultando em Luxúria ganhando peso considerável e a cara de Gula.
  • Em ambas as séries do anime, Orgulho é o último Homúnculos a ser revelado.

Referências

  1. Do japonês プライド Puraido; Do japonês 傲慢 Gōman; Do japonês 自慢 Jiman.
  2. Do japonês セリム・ブラッドレイ Serimu Buradorei.
  3. Assumiu a identidade do filho de King Bradley.
  4. 4,0 4,1 4,2 Anime de Fullmetal Alchemist (2003-2004).
  5. Apenas sendo citado como Selim Bradley, pois nesta versão o Orgulho é um personagem diferente na série 2003.
  6. Apenas sendo citado como Selim Bradley, pois nesta versão o Orgulho é um personagem diferente na série 2003.
  7. 7,0 7,1 Anime Brotherhood (2009-2010).

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória